Venha com a Fran TT para o Mundial de 2017!

banner_01_menorA Fran TT está organizando mais uma viagem de Intercâmbio, que será realizada no período de 28 de maio à 12 de junho de 2017 (período sujeito a alterações). Sendo sua primeira parte na Alemanha, na cidade de Düsseldorf, para acompanhar o Campeonato Mundial, e a segunda parte será dividida em visitas à clubes da Alemanha e da Bélgica. Conhecida pelo seu empreendedorismo, desde os anos 1990, a Fran TT realiza intercâmbios com o foco no Tênis de Mesa, sem perder a oportunidade de aprendizado cultural, já que na Europa história e cultura andam lado a lado. Francine Camargo Mendes, coordenadora do projeto, diz que a maior preocupação na organização da viagem é fazer com que as expectativas dos participantes sejam atendidas. “Temos a maior parte da viagem já definida, mas os detalhes são fechados somente com a confirmação dos participantes, pois com o perfil definido do grupo, conseguimos alcançar exatamente o que os participantes buscam.” O último intercâmbio realizado pela Fran TT aconteceu em 2013, com o Mundial de Paris na França, e depois o grupo seguiu para a Bélgica e para a Alemanha, grupo esse com um total de 17 participantes. Com a divulgação da viagem de 2017, alguns participantes da viagem de 2013 fizeram contato relatando suas experiência. Alcir Zandetto Franzol, de São Bernardo do Campo/SP, comentou que “estar num Mundial de Tênis de Mesa, para quem aprecia tanto o esporte, é uma experiência difícil de descrever… Os intercâmbios foram uma experiência muito além do turístico e do cultural. Interagir com pessoas de histórias tão diferentes é algo que não tem preço, e uma evolução pessoal que não tem caminho de volta”. Já Ana Pompílio Hora, do Rio de Janeiro/RJ, relatou que “A experiência que vivi com vocês, na viagem de 2.013, para o Mundial de Paris, realmente me impressionou pelo planejamento e cuidado que tiveram com todos que participaram daquela viagem, dentre profissionais do tênis de mesa e pessoas iniciantes, como eu… não há sombras de dúvidas de que a tranquilidade que tive,  para apreciar e curtir a viagem a Paris- Mundial de Tênis de Mesa/2.013, em sua totalidade, deveu-se ao fato da organização ter ficado nas mãos de profissionais sérios e experientes no assunto”. Para maiores informações sobre o Intercâmbio de 2017, entre em contato pelo e-mail: cine@frantt.com.br ou pelo fone (19) 3423-3535.

Confira aqui os relatos na íntegra de Alcir e Ana que participaram da viagem de 2013: (CLIQUE AQUI)

Alcir Zardetto Franzol:

alcir

Treinamento realizado no Centro de Treinamento de Saarbrucken/Alemanha

“Voltar a 2013 para recuperar as memórias da viagem à Europa é uma tarefa muito fácil. Na verdade, mais de 3 anos depois, parece que tudo ainda está muito presente. Durante muitos anos, eu sempre cultivei uma paixão enorme pelo esporte, e ao mesmo tempo, um interesse muito grande em conhecer a Europa, que até então, não havia conhecido nem mesmo em virtude do trabalho (o que acabou acontecendo na sequência desta mesma viagem). Desta forma, o convite para este tour veio num momento muito feliz e num formato que teve um significado muito especial na minha vida. A viagem contemplou tudo o que era possível aproveitar da experiência, agradando integralmente tanto a minha devoção pelo esporte quanto a minha avidez pela cultura. E isso apenas foi possível porque o formato nos permitiu ser mais do que simplesmente turistas, dando ao grupo a oportunidade de viver um pouco do cotidiano local por alguns dias. Além disso, a preparação e a preocupação por contemplar os principais pontos de interesse nos deu a chance de expandir o alcance dos nossos destinos. Jamais imaginaria que pudesse chegar a tantos lugares em duas semanas tendo tempo adequado para conhece-los com qualidade na agenda que tivemos, e certamente todo o suporte prestado foi essencial para que isso acontecesse.

Estar num Mundial de Tênis de Mesa, para quem aprecia tanto o esporte, é uma experiência difícil de descrever, pois há tanto por ver, aprender e desfrutar que se torna complicado usar palavras precisas.

Os intercâmbios foram uma experiência muito além do turístico e do cultural. Interagir com pessoas de histórias tão diferentes é algo que não tem preço, e uma evolução pessoal que não tem caminho de volta. Anos depois, ainda tenho contato com alguns deles. E mesmo esportivamente falando, as sessões de treinamento nos ensinaram mais do que técnicas, mas sim as diferentes abordagens que um mesmo esporte tem ao longo do mundo. Vale lembrar que representamos nosso país contra a Alemanha no futebol durante nossa viagem e, diferentemente da nossa seleção, vencemos! Hahahahhahahhaha. Por fim, conhecemos a história (um dos meus principais interesses) de um continente muito mais velho que o nosso e nos deparamos com a importância de valoriza-la.

Depois daquele 2013, devido a compromissos profissionais, voltei em mais algumas oportunidades à Europa, e certamente esta primeira visita não só me ajudou a estar melhor preparado, mas também por desejar conhecer muito mais. Eu definitivamente acredito que foi muito mais do que uma experiência esportiva, ou cultural, mas sim de vida.”

Ana Pompílio Hora:

ana

Passeio realizado na Igreja Sacre Coeur em Paris / França

À FRAN TT, em especial, à Francine, que alegria saber que vocês estão à frente, mais uma vez, da organização da viagem para o Mundial de Tênis de Mesa 2.017. A experiência que vivi com vocês, na viagem de 2.013, para o Mundial de Paris, realmente me impressionou pelo planejamento e cuidado que tiveram com todos que participaram daquela viagem, dentre profissionais do tênis de mesa e pessoas iniciantes, como eu.

Numa empreitada desse porte, se não houver seriedade, dedicação e responsabilidade na condução do evento, as chances do insucesso são bem prováveis e previsíveis. Mas não foi o caso. Muito pelo contrário, o comprometimento da equipe FRAN TT  foi  a marca e o diferencial que resultou no grande sucesso da viagem e na satisfação de todos os envolvidos, que à medida que foram se conhecendo, acabaram amigos que sempre estão se falando ou se correspondendo, até hoje, mesmo muitos residindo em Estados ou países diferentes.

Assim sendo, ao saber agora, do Mundial de 2.017, não posso deixar de fazer o presente registro de ter sido a viagem de 2.013 bastante proveitosa, extremamente  agradável, ocasião em que muito aprendi sobre o tênis de mesa, com oportunidades, ainda, de estar em pontos turísticos de reconhecimento internacional, além de ter interagido com pessoas e culturas diversas e de todas as partes do mundo. Tudo, repito, sob a supervisão e o acompanhamento próximo de vocês, representantes da FRAN TT, que, em nenhum momento, deixaram quem quer que fosse, desamparado ou sem o apoio necessário, para o que fosse (passeios, alimentação, transporte, acomodação e etc). Sim, sem falar que a Francine é poliglota e manda bem em qualquer idioma.

Acrescento e friso que não há sombras de dúvidas de que a tranquilidade que tive,  para apreciar e curtir a viagem a Paris- Mundial de Tênis de Mesa/2.013, em sua totalidade, deveu-se ao fato da organização ter ficado nas mãos de profissionais sérios e experientes no assunto.

Por fim, desejar sucesso à Francine e a todos que integram a Equipe FRAN TT é, para mim,  mais uma formalidade, pois tenho a certeza de que a viagem de 2.017, se não for igual, será melhor que a de 2.013, que atingiu todas as expectativas possíveis de satisfação, de amizade, de confraternização e de aprendizagem, considerando que a motivação era o Mundial de Tênis de Mesa.

Inesquecíveis, ainda, foram os treinos feitos em grandes centros, de gabarito internacional, dedicados à prática específica do Tênis de Mesa, bem como incrível foi poder assistir aos melhores do mundo competindo naquele mundial, com a facilidade de já estar tudo providenciado por quem realmente entendia e entende do assunto, com uma organização e um planejamento impecáveis.  Nota 10(dez) para a logística de vocês.

Parabéns FRAN TT, por dar continuidade a um belo trabalho que entrosa pessoas de várias nacionalidades e traz tanta satisfação e alegria para os amantes do Tênis de Mesa.”

Deixe uma resposta